Archive for março, 2011

29/03/2011

Curando a Terra no Sete Ecos – 16 e 17 Abril

Oportunidade de bolsas e permuta!

18/03/2011

Boas Novas nas Universidades

Quando eu fiz Universidade, eu já queria fazer algo mais verde; os professores davam risada, hoje em dia as coisas estão de fato mudando pra melhor.

Veja reportagem da Vivian Soares, falando sobre o aumento das opções verdes no mundo dos negócios – digo, no mundo das faculdades/ universidades….

A preocupação do mercado com o impacto social e ambiental dos negócios está fazendo as universidades brasileiras criarem cursos de graduação que tenham a sustentabilidade como um de seus principais pilares.

Nos últimos anos, os currículos de bacharelados e licenciaturas têm ganhado novas ênfases como biodiversidade, agroecologia e energias renováveis. Mesmo com enfoque “verde”, as escolas não deixaram de lado a empregabilidade dos recém-formados, fechando parcerias com empresas e adaptando seus conteúdos às necessidades das companhias nas regiões onde atuam.

A maior parte dos novos cursos se concentra em áreas como engenharia e agronomia. A formação técnica, no entanto, passa a ser complementada por disciplinas que relacionam a atividade produtiva ao impacto social e ambiental. “Como essa é uma questão cada vez mais valorizada pelas indústrias, os alunos precisam ter formação multidisciplinar, com uma visão moderna desse novo mercado”, afirma Carlos Carneiro, coordenador do curso de engenharia mecânica: energias renováveis e tecnologia não poluente da Universidade Anhembi Morumbi, criado no ano passado.

A instituição abriu recentemente uma graduação em engenharia ambiental e sanitária. Ambos os bacharelados já possuem parcerias com indústrias e um laboratório de estudos em produção limpa. “As empresas brasileiras já têm a consciência de que produzir de forma mais eficiente envolve menos impacto ambiental e gastos de energia. Isso exige profissionais que tenham perfil e formação especializados”, afirma Carneiro.

O futuro da produção de energia também motivou a criação do bacharelado em engenharia de energias renováveis e ambiente, na Universidade Federal do Pampa (Unipampa), em 2006. Inicialmente dirigido ao agronegócio, o curso, que fica em Bagé, no Rio Grande do Sul, voltou-se para as tecnologias renováveis. A mudança abriu portas para os alunos, uma vez que três parques eólicos estão sendo construídos na região. “O mercado de trabalho é amplo e abrange usinas de energia, renovável ou não, e qualquer indústria que tenha preocupação com a eficiência energética”, afirma a coordenadora Cristine Schwanke.

Apesar de novo e ainda sem nenhuma turma formada, o curso já é o segundo mais disputado do campus, só perdendo para a engenharia de produção. “O currículo prevê uma mistura de conhecimentos básicos, específicos e profissionalizantes, sempre permeados pela parte ambiental”, diz.

Incentivada pelo Governo Federal por meio do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), a interdisciplinaridade também é a marca do curso de agroecologia e biotecnologia da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), com campus em Santarém. Com 200 recém-ingressos, a nova graduação começou as aulas em 24 de fevereiro.

Segundo João Ricardo Gama, diretor do Instituto de Biodiversidade e Florestas (Ibef) da instituição, os alunos escolhem a ênfase que vão dar ao curso após o segundo semestre. No final, os formandos podem ter diplomas de farmácia, agronomia, engenharia florestal ou zootecnia. No futuro, os estudantes ainda poderão escolher a especialização em engenharia de alimentos.

Todas as graduações têm a sustentabilidade como viés principal. “O objetivo é promover o desenvolvimento sustentável da Amazônia, passando pela transformação da biodiversidade em produto”, afirma Gama. Segundo ele, a demanda na região é grande para profissionais com essa formação. “Além de empresas e órgãos públicos, há possibilidade de atuação em assentamentos e comunidades de agricultura familiar.”

A agricultura familiar, inclusive, foi a principal motivadora do curso de agroecologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), criado em 2009 e já na sua terceira turma. A coordenadora do curso, Anastácia Fontanetti, acredita que a ênfase nas pequenas comunidades não limita a atuação do profissional. “O curso foi criado para atender à necessidade do mercado, que exigia profissionais de agronomia com visão mais ampla tanto da parte produtiva quanto dos impactos ambiental e social.”

O escopo abrangente, na opinião da coordenadora, torna o profissional com essa formação apto para trabalhar em mercados locais, com certificação de produtos orgânicos, e nas grandes empresas. “Nessas companhias, o agroecólogo pode atuar com restauração de áreas degradadas, avaliação e perícias de impacto ambiental”, explica.

A relação candidato/vaga do curso, que é oferecido no campus de Araras, no interior de São Paulo, quase dobrou este ano em relação a 2010. O aumento do interesse dos alunos tem feito com que a coordenação busque parcerias com empresas e órgãos públicos. “Já recebemos pedidos de indicação para assistência técnica em agricultura orgânica”, comemora. O futuro da profissão, segundo Anastácia, é promissor. “A agronomia é uma atividade que está se valorizando no Brasil. A agroecologia vai além e atende a essa demanda de sustentabilidade, que será cada vez mais cobrada do profissional.”

Fonte: Valor Econômico

 

10/03/2011

VI Congresso Internacional de Bioenergia em Curitiba – Agosto 2011

Curitiba será sede, nos dias 16 a 19 de agosto, do VI Congresso Internacional de Bioenergia. O congresso acontecerá no Centro de Eventos da FIEP e apresentará palestras segmentadas nos setores ambientais que mais preocupam as autoridades do planeta.

Biodiesel, energia renovável, resíduos vegetais, carbono e legislação são alguns dos temas com destaque na programação da conferência ministrados por profissionais conceituados no mercado nacional e internacional.

Para aproximar a teoria e a prática, acontece no mesmo local e data a IV BioTech Fair 2011 – Feira Internacional de Tecnologia em Bioenergia e Biodiesel. O objetivo é colocar, frente a frente, tecnologias brasileiras adequadas a diferentes regiões e diferentes padrões de projetos no segmento de bioenergias e biocombustíveis e apresentar uma mostra de produtos e serviços relacionados à tecnologia na p rodução de energia alternativa.

As inscrições podem ser feitas através do site www.bioenergia.net.br O valor é de R$ 315,00 para profissionais. Estudantes, professores e pesquisadores pagam R$ 180,00. Após dia 29/04 elas passam a custar R$ 420,00 para profissionais e R$ 250,00 para estudantes, professores e pesquisadores.

O VI Congresso Internacional de Bioenergia está sob a coordenação técnica da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e é promovido pelo SENAI, Sistema FIEP e Remade.

Faça agora mesmo sua inscrição através do site http://www.bioenergia.net.br/congresso/br/ficha_inscricao.php

Serviço:
Eventos: VI Congresso Internacional de Bioenergia e IV BioTech Fair 2011 – Feira Internacional de Tecnologia em Bioenergia e Biodiesel
Local: Centro de Eventos FIEP – Curitiba – PR
Data: 16, 17, 18 e 19 de agosto de 2011
Informações: www.bioenergia.net.br ou contato@bioenergia.net.br
Fone:.+55  (54) 3226-4113

04/03/2011

Curso Gratis na UMAPAZ/SP para Educadores desenvolver potencial criativo

O Desenvolvimento do Potencial Criativo do Educador Transdisciplinar

De 22 de março a 21 de junho, a UMAPAZ oferece o curso O Desenvolvimento do Potencial Criativo do Educador Transdisciplinar aberto para educadores em geral, ministrado porRegina Chiesa e M. Christina Belfort.

Tem por objetivo: a aproximação do ser criativo e da ampliação de abordagens e práticas transdisciplinares; o conhecimento, experiência, sabedoria e  reflexão de todas as grandes civilizações pré-modernas, modernas e pós-modernas e a compreensão de uma abordagem integral.

O curso é dividido em dois módulos:

  • · A Construção de uma Metodologia Transdisciplinar – 22/03/2011 a 03/05/2011
  • · A Atitude Existencial do Educador Transdisciplinar – 10/05/2011 a 21/06/2011

Cada módulo terá sete aulas de quatro horas cada uma, às terças-feiras, das 17h às 21h. Ametodologia será prático-teórico vivencial. Os temas serão abordados da seguinte maneira: sensibilização, expressão criativa com recursos artísticos, elaboração do processo, roda de diálogos e análise dos textos fundamentando o tema desenvolvido com a prática vivenciada.

A Transdisciplinaridade, como abordagem educacional, é um desafio em sua complexidade e na intenção da unidade do conhecimento. Em um momento planetário em que temos ao nosso alcance todas as culturas mundiais, do passado e do presente, faz-se necessário o desenvolvimento de um Ser Integrado e Integrador desses diversos universos.

A arte pode ser um caminho para o desenvolvimento do conhecimento integral e integrado, na construção de um futuro mais consciente. Essa visão nos convida a ser um pouco mais completos, menos fragmentados em nosso trabalho, em nossa vida e em nosso destino. Caminhar criativamente pela arte é ter a possibilidade de concretizar, de dar forma às sensações, sentimentos e imagens, ampliando a percepção. E ao ganhar concretude, transformar e transcender.

Facilitadoras:

Regina Chiesa artista plástica e arte-educadora formada pela FAAP (1976), especialista em Arteterapia pelo Instituto Sedes Sapientiae (1998) e Mestre em Distúrbios do Desenvolvimento pelo Mackenzie (2003), autora do livro O DIÁLOGO COM O BARRO. O ENCONTRO COM O CRIATIVO, da Casa do Psicólogo, 2004.  Vem trabalhando na assessoria e coordenação de projetos relacionados com barro e ministrando palestras e cursos envolvendo os temas sustentabilidade, criatividade, saúde e qualidade de vida, ética e cultura de paz em espaço próprio e em ONG’s.

M. Christina Belfort – graduada em Artes Plásticas, educadora ambiental e terapeuta. Consultora no Programa de Educação Continuada, Secretaria de Desenvolvimento Social – Prefeitura de Atibaia; co-idealizadora do projeto educacional Gaia Jovem; terapeuta, pesquisadora de sistemas alternativos para um indivíduo e ambiente saudáveis.  Coordenadora do Projeto ‘”Curar a Terra – São Paulo”, projeto de Geobiologia para a Praça Sustentável – Projeto Unibanco e T&S – Eusébio Matoso.  Designer de Ecovilas e designer de Sustentabilidade Urbana – Gaia Education, (formação em técnicas de construção com terra). Tecelã.

Serviço:

Curso – O Desenvolvimento do Potencial Criativo do Educador Transdisciplinar

Período: de 22 de março a 21 de junho de 2011

Dias e Horário: às terças-feiras, das 17h às 21h

Facilitadoras: Regina Chiesa e M. Christina Belfort

Coordenação: Márcia Amélia Moura – docente da UMAPAZ

Vagas: 60 – OBS: HAVERÁ SELEÇÃO ENTRE OS 100 PRIMEIROS INSCRITOS (conforme público focalizado e resposta às questões)

Inscrições: Preencher ficha de inscrição abaixo e enviar para o e-mail: inscricoesumapaz@prefeitura.sp.gov.br

read more »

02/03/2011

Curso de aquecedor solar de baixo custo pra quem estiver em BH no carnaval…

01/03/2011

Oportunidade para Jovens Jornalistas – Correspondente Internacional

Programa para jovens jornalistas 2011

Você quer ser um correspondente internacional em algum país estrangeiro? Você gostaria de passar o mês de agosto na Finlândia e aprender mais sobre o país, a sociedade e o estilo de vida finlandês?
Se você é um jornalista recém-formado ou estudante de jornalismo/comunicação ou área afim prestes a se formar, você pode se inscrever no programa de correspondentes internacionais que ocorre na Finlândia em agosto de 2011.

O Ministério das Relações Exteriores da Finlândia convida os cidadãos ou residentes dos seguintes países a submeter a sua inscrição ao programa: Armênia, Brasil, China, Dinamarca, Egito, França, Índia, Japão, Alemanha, Polônia, Rússia, San Marino, Sérvia, África do Sul, Espanha, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Reino Unido e os Estados Unidos.

O programa oferece uma excelente oportunidade de aprender mais sobre a Finlândia, a sociedade finlandesa e o estilo de vida finlandês. Ele contribui, também, para o aprimoramento dos seus conhecimentos profissionais e expande sua rede de colegas e amigos internacionais.

O Programa

O Programa começa no dia 01 de agosto e termina dia 26 de agosto de 2011. Ele inclui relatos sobre a Finlândia hoje, encontros com profissionais, políticas e pessoas da socidade civil, além de visitas a empresas, sítios culturais e instituições. Em um dos fins de semana os participantes ficarão na casa de uma família finlandesa e
haverá passeios a outras partes da Finlândia também.

Durante o programa você terá a oportunidade de conhecer aspectos da Finlândia do seu interesse particular. Você terá também acesso a um espaço de trabalho com PCs, internet, telefone, impressora e copiadora no International Press Centre.

O que o program inclui?

A bolsa cobre as despesas de viagem de ida e volta para Finlândia, transporte local em Helsinque, hospedagem em casa de estudante e programa diário com todas as refeições, eventos, transporte e acomodação. O programa não cobre seguro de viagem e não paga diárias em dinheiro.

Requisitos

Os candidatos devem ter conhecimentos avançados de inglês, oral e escrita, ter entre 20 e 25 anos de idade e a capacidade de se adaptar a um grupo de pessoas de várias nacionalidade. As inscrições devem ser enviados somente por e-mail (max. 2 GB) para a Embaixada da Finlândia em Brasília:fcpbrasil.um@formin.fi

Para se inscrever, preencha o formulário de inscrição, o currículo e escreva uma redação, em inglês, sobre o seu interesse pela Finlândia (600-800 palavras). É obrigatório utilizar o modelo disponível no site da Embaixada da Finlândia. Lembre-se de inserir sua foto no CV (não envie a foto em arquivo separado). Caso queira, pode
anexar no máximo 2 exemplos de artigos ou matérias publicadas. Lembre-se, no entanto, que todo material deve ser enviado em um só e-mail.

Formulário de inscrição, CV e redação (envie tudo em apenas um arquivo):

WordApplication form

Inscrições abertas até o dia 31 de março de 2011

Alguns candidatos podem ser entrevistados por telefone ou por e-mail em meados de abril de 2011. Os candidatos selecionados para entrevistas serão contactados antes da entrevista. Os nomes dos candidatos a serem entrevistados não serão divulgados. O nome do candidato selecionado será divulgado no dia 15 de maio de 2011 no site da Embaixada http://www.finlandia.org.br.

Mais informações:
Informações gerais sobre FCP 2011 e relatos dos programas dos anos anteriores: http://formin.finland.fi/fc.

Sra. Anna Yletyinen, Segunda Secretária
Embaixada da Finlândia, SES – Avenida das Nações, Qd. 807, Lt. 27
CEP 70417-900 Brasília – DF, Brasil
Tel (+55)61 3443-7151 email: fcpbrasil.um@formin.fi

 

%d blogueiros gostam disto: