Não sei se estou pirando ou as coisas estão melhorando…

Ao som da Mamãe Natureza da Rita Lee, piamente quero acreditar que as coisas estao melhorando…

Quando que imaginaríamos que Dilma e Serra falando em
desenvolvimento sustentável e tratando as ideias e os ideais do Partido Verde bem???    VALEU MARINA!

E tenho mais razoes para acreditar que as coisas estão melhorando:

Ônibus ecologico começou a rodar em Curitiba
O “hybribus” usa um motor elétrico nas arrancadas e, ao ganhar velocidade, passa para o movido a diesel.

Ônibus com internet e ciclovias contra poluição e engarrafamentos em Portugal
Para estimular o uso dos transportes limpos, haverá instalação de internet sem fio em seus ônibus urbanos e extensão das ciclovias.

Na revista EPOCA, saiu uma edição verde somente sobre o crescimento e das oportunidades dos negócios verdes.

E sem falar que umas duas semanas atrás foi identificado que o buraco na camada de ozônio se manteve estável…  mais sobre este topico AQUI

Segundo a Economist, Brasil está deixando para trás fama de desmatador . entre 1996 e 2005 cerca de 19,5 mil km² da Amazônia brasileira eram desmatados a cada ano. Entre 2008 e 2009, essa área foi reduzida drasticamente, para cerca de 7 mil km²

Entretanto, a revista observa que o país ainda precisa superar entraves para virar o que o ex-ministro da Fazenda, Rubens Ricúpero, imagina como uma “potência ambiental”.

Embora tenham melhorado, os esforços de policiamento ainda são esporádicos e os recursos das autoridades ambientais ainda são parcos, diz a revista. Além disso, mesmo quando condenados, muitos criminosos ambientais não pagam multas.

O artigo também lembra a pressão de produtores para que haja um maior relaxamento na legislação ambiental, em especial a que requer que toda propriedade amazônica mantenha pelo menos 80% de cobertura vegetal intacta.

“Porém, acabar com o desmatamento na Amazônia é de interesse do Brasil, e muitos brasileiros o estão reivindicando, razão pela qual hoje é imaginável.”

Com 40% das suas emissões de carbono provenientes da perda de floresta, e igual porcentagem de todo o seu consumo de energia oriundo de fontes renováveis, o país está em uma posição privilegiada para liderar a redução nas emissões de carbono e desenvolver tecnologia verde, diz o texto.

“Há alguns obstáculos para tanto. Mas se os líderes brasileiros optarem por removê-los, e não a floresta, eles não fariam um favor apenas ao mundo; beneficiariam a economia do seu próprio país junto.”

Porém, acabar com o desmatamento na Amazônia é de interesse do Brasil, e muitos brasileiros o estão reivindicando, razão pela qual hoje é imaginável.”


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: