Archive for julho, 2009

31/07/2009

Temas sociais e meio ambiente viram assuntos obrigatórios

por Glória Tupinambás para o Estado de Minas

Escolas públicas de todo o Brasil serão obrigadas a incluir em seu currículo matérias de cunho social e voltadas para a preservação do meio ambiente. A determinação, válida para unidades de ensino fundamental e médio, deve entrar em vigor a partir deste semestre e criar disciplinas como ecologia, educação para o trânsito, sexualidade, prevenção de doenças transmissíveis, direito do consumidor e noções sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A nova regra foi sancionada esta semana, pela presidência da República, e faz parte da criação da Semana de Educação para a Vida nas escolas públicas. Segundo a Lei 11.988/2009, as secretarias de estado de educação devem garantir que os temas sejam abordados sob a forma de seminários, palestras, exposições e filmes durante todo o ano letivo e depois explorados em atividades da Semana de Educação para a Vida. O evento, que deve fazer parte do calendário escolar anual, também deve ser aberto aos pais de alunos e à comunidade em geral.

Ainda caberá às secretarias estaduais garantir que os profissionais convidados para transmitir conhecimentos relativos a matérias que não fazem parte do currículo obrigatório sejam capacitados e com nível de conhecimento comprovado sobre os assuntos a serem abordados.

A Secretaria de Estado de Educação de Minas informou que os temas sociais e relativos ao meio ambiente já fazem parte do currículo das escolas mineiras, sendo tratados de forma transversal, ou seja, aparecem em diversas matérias que integram o currículo. De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), de 1996, é dever da escola trabalhar questões relativas a ética, pluralidade cultural, meio ambiente, saúde, orientação sexual e consumo.

Anúncios
Tags:
31/07/2009

Energia Inteligente

A cidade de Boulder, no Colorado está fazendo o mundo pensar sobre as possibilidades de geração de energia – ela será a primeira cidade Smart Grid

Smart Grid é basicamente em poucas palavras uma maneira inteligente de usar a energia…modernizar a forma como a luz chega até a nossa casa e ajudar a limpar o planeta

Abaixo, artigo do Edson Porto publicado na Época Negócios e nós colocamos em negrito alguns pontos chaves……

Investimentos bilionários prometem transformar as redes de eletricidade no mundo, modernizar a forma como a luz chega até a nossa casa e ajudar a limpar o planeta. A questão é: em quanto tempo?

read more »

30/07/2009

Clareando São Paulo

Assim que eu fiquei sabendo da Ecovila Clareando, eu fiquei interessada em conhecer por diversos fatores:

– perto, mas longe de um grande centro – 1 hora e meia de São Paulo

– eles se mostraram abertos – há reuniões abertas de tempo em tempo para visitantes e curiosos

– Edson Hiroshi, eu ouço falar do trabalho dele desde quando eu ainda era inocente…

– e o mais importante: sinais de resiliência local – foco principal no movimento Transition Towns que pretendo abordar aqui em breve. É uma região de produtores de alimentos, represa (água!) e perto de espaços de luz como o Centro de Vivências Nazaré Paulista, atualmente mais conhecido como UNILUZ.

Com exceção do fator Hiroshi, as características citadas são também presentes em ecovilas ao redor do mundo que sobreviveram ao tempo.

Chegar em Piracaia foi uma surpresa super agradável – ainda mantém o estilo de cidade de interior com as calçadas típicamente apertadas.

IMGP1724 Ao entrar no supermercado, eu já comecei a querer morar na região…

Fiquei impressionada com a variedade de orgânicos e os produtos dispostos a granel – é uma coisa de antigamente, mais ao mesmo tempo uma atitude super moderna, de tendência mundial.

Interessante foi saber que a prefeitura é coordenada por alguém do sexo feminino e do Partido Verde.

Tudo de bom né?
Quer mais? A região é repleta de caminhadas ecológicas e cachoeiras.
Nem vou falar mais nada, senão daqui a pouco vem um desses loteamentos e aí bah bum!

IMGP1729

A Ecovila Clareando consiste num condomínio rural que reúne pessoas com um mesmo objetivo: viver em harmonia com a natureza, utilizando os recursos naturais de forma sustentável de acordo com a Agenda 21.O fato de estar baseada em loteamentos e cada qual sendo proprietário do seu lote traz a vantagem no sentido da independência de venda & compra, consequentemente na sobrevivência da ecovila a longo termo – já que muitas das comunidades/ ecovilas terminam pelo fato de propriedade em comum e havendo disacordo com um, acaba-se a comunidade.

Localizada na Serra da Mantiqueira, região entre as cidades de Piracaia e Joanópolis, a Clareando esta situada entre vales e montanhas da Mata Atlântica. São 23 hectares, sendo dois de mata nativa, quatro nascentes e muitas araucárias, a ecovila foi idealizada por Hiroshi Seó e Sandra Mantelli.

IMGP1730 É incrível como em menos de 2 horas de uma metrópole, podemos estar em contato com Macacos bugio, esquilos, tucanos e uma fauna selvagem!

Hiroshi nos recebe ao som da viola caipira e de repente, vem a sagrada canção dos Hare Khrisnas……..uau! muito bom!
O que eles chamam de piquenique na verdade, é um banquete de comidas variadas que cada um traz – yep! A união faz a força!

IMGP1739 A Clareando tem a filosofia de construir sem destruir – e uma maneira prática é a ‘fabricação’ de tijolos adobe na propriedade

Hiroshi deu uma demonstração de estilos de tijolos, o porquê disso e porquê daquilo – acho que vale a dica de passar uns dias por lá fazendo e aprendendo como era o caso de um ‘estagiário’ que estava por lá – foi quando conversamos sobre wwoof, um sistema de viajar ao redor do mundo experienciando vivências em lugares que praticam agricultura orgânica e além – veja os posts: “vamos wwoofar ao redor do mundo” e “os dez melhores lugares para wwoofar na Europa“.

Visitamos várias casas em fases diferentes de construção – e a partilha das experiências foi super válida. Mais uma vez constatado: a teoria nem sempre funciona na prática. O valor de uma experiência hands on (mão na massa) é inigualável.

IMGP1752

Aprendendo + Fazendo = Compreensão Internalizada

Na nossa andança, encontrei com o meu primeiro poste da Paz – são 200 mil postes espalhados em 180 países (nossa! eu tenho que viajar mais!!!) – No poste está escrito “Que a paz prevaleça na Terra” em quatro línguas e foi idealizado em 1955 pelo professor Masahisa Goi, que achava que as palavras e pensamentos são vivos e têm energia.

No website, eles citam: “Os postes também funcionam como antenas, irradiando sua energia pelo planeta e se conectando com os outros postes ao redor do globo, formando uma grande rede”.

E viva a grande rede de Ecovilas!

Pra quem acessa este blog regularmente, deve ter percebido o nosso interesse no estilo de viver em Ecovilas – veja posts relacionados – lembre-se de clicar nos artigos antigos, pois pe de longa data esse nosso interesse!

A Ecovila Clareando na telinha: parte 1 e parte 2 na Good News.

29/07/2009

Pegada Ecológica – mas o que pega mesmo?

5footTalvez você já tenha visto a palavra “footprint” ou “pegada ecológica” uma série de vezes – mas nunca parou pra entender, nem ao menos calcular.

Então o que é pegada ecológica? É uma forma de avaliar quanto cada pessoa consome de recursos naturais e energia no seu estilo de viver – seja na alimentação, transporte, vestuário, habitação ou lazer usamos energia e produtos obtidos de recursos naturais, renováveis ou não…

Dois links para calcular a sua pegada ecológica: IDEC e WWF.

Um link interessante é o BIG FOOT, é uma calculadora mais dinâmica, colorida e divertida. Em Inglês básico e cheio de figuras. Bom para brincar com as crianças e adolescentes.

E você pergunta: “pra quê saber isso?” O fato é que foi constatado por alguns (e contestados por outros) que as mudanças climáticas estão diretamente relacionadas com a emissão de carbono. E cada um de nós podemos contribuir reduzindo a nossa pegada ecológica.

Logicamente a solução não está baseada em voltar  à era das cavernas…mas algum ponto de equilíbrio deve ser almejado – já que Planeta Terra é um só.

Aliás, somos todos e tudo uma coisa só… todos nós estamos interligados.A atitude que tomamos aqui, afeta outro ali…O vídeo abaixo, em apenas um minuto explica o meu pensamento de forma divertida e positiva.

Dizem que se todos vivessem que nem Americanos; precisaríamos de 5 a 7 planetas. O fato é que foi vendido para o mundo o American Way of Life, o sonho de classes ascendentes é ter carrão assim, casa assada …mas é nisso que está baseada a felicidade?

Fazer o cálculo da pegada ecológica é super importante do ponto de vista de tomada de consciência. Entretanto, no momento; o que precisamos mesmo é extrapolar/ transpôr a consciência mental e nos perguntar o que nos faz feliz de verdade? Comprando isso ou aquilo e tendo mais e mais vai me fazer mais feliz mesmo – mesmo? Quais são as coisas simples da vida que preenchem a alma? quando for comprar algo se perguntar, preciso mesmo ou estou sendo influenciada pela persuasão do marketing?

Aí eu te pergunto, o que tá pegando? Qual a sua pegada? Qual é a marca que você quer deixar nesta vida, neste planeta?

28/07/2009

Humor Verde

Uma coisa que eu aprendi na vida é a necessidade do pensar positivo.

Ter bom humor para mim, é fundamental.

E em termos de sustentabilidade (ou melhor, na falta de) mais ainda. Então…se rir, é o melhor remédio…..vamos rir com um toque de sustentabilidade!

cartoonhenfilbrasilEsse cartoon do Henfil, há tanto tempo publicado – e ainda tão atual!

festivalhumor2009_pic

Água foi o tema principal para este Festival de Humor – minha memória afetada não consegue lembrar daonde…..

showertogetherAmei a idéia de tomar banho juntos para economizar água!

cartoonesperançahenfil

Mais uma do Henfi

É a Esperança!!! Senão fosse por ela,  porquê estaríamos engajados neste blog? Dizem que ela é a última que morre, nós decidimos reciclá-la!!!

27/07/2009

Formação de Agentes Socioambientais Urbanos

Para pessoas interessadas em capacitação, queremos dar destaque para o curso de formação de agentes socio ambientais da UMAPAZ, publicado uns dias atrás na seção de cursos e eventos.

O curso será gratuito e as incrições vão até dia 31 – mais info clique AQUI.

26/07/2009

Agosto 2009

A Agenda de Agosto vem a todo vapor ……tibetancall

E como ecologia pessoal é fundamental, temos também a agenda do Lama Padma Samten.

03, 10, 17, 24 e 31 CURSO: ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE COOPERAÇÃO INTERNACIONALUMAPAZ  – Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz – São Paulo inscricoesumapaz@prefeitura.sp.gov.br

04 a 06 – 3o. Congresso Internacional Desenvolvimento Sustentável – na PUC de São Paulo. Veja a programação e os valores.

05 e 06Auditorias e Perícias Ambientais – São Paulo

6, 7 e 8 – Feira de Economia Solidária em Rio Claro – SP. Mais informações, entre em contato com Bel, pelos telefones (19) 3525-6189 ou 9776-0266.

14, 15 e 16Yoga pela Paz – SP

logo

18 a 214o. Congresso Internacional de Bioenergia/ Congresso Brasileiro de Geração Distribuida e Energias Renováveis/ 2o. International Fair Bioenergy and Biodiesel Technology – Curitiba

18 a 22Feira Expo Construção do II Eco Tech Salvador BA

19 II EcoTech – Salvador – BA

19 Gestão de Transporte de Produtos Químicos – São Paulo

24II Simposio de Construção Sustentável – São Paulo

25 – V Forum Acende Brasil – Mudanças Climáticas e o Setor de Energia – Rumo a Copenhague – Brasilia

Informações: mcmusa@acendebrasil.com.br/ www.acendebrasil.com.br

28 e 29 – Padrões e Formas de Paisagismo com Toni Backes – Rio Grande Sul

tonibackes@royanet.com.br (54) 3281 36 19

29 e 30 História Ecológica do Brasil – IPÊ / CBBC

Informações: (11) 4597-1327 / 9981-2601
E-mail: cbbc@ipe.org.br

31 de agosto a 4 de setembro, World Climate Conference, Genebra (Suíça). Informações AQUI.

Mais atividades no corpo principal dos Cursos & Eventos

Mande seu eventos e cursos para paginasverdes.br@gmail.com ou simplesmente, acrescente nos comentários!

25/07/2009

Green Jobs & Opportunities

Trabalhos Verdes & Oportunidades

garimpados pro horas para você em diversos sites & network

5d6a82728fe7b5e6276545c792110559Coordenador de Projetos Socioambientais – Campinas (SP) no Grupo de Aplicação Interdisciplinar á Aprendizagem (Gaia Social.org.br)

• Superior completo;
• Experiência sênior em coordenação de projetos socioambientais; de desenvolvimento local das comunidades, geração de renda e responsabilidade social.
• Desejável ter conhecimentos da ferramenta PMI e PMBOK.
• Habilidade em liderança e coordenação de equipes;
• Visão Sistêmica de todos os processos de um projeto;
• Proatividade e agilidade;
• Domínio com pacote Office Microsoft;
• Disponibilidade para morar em Campinas ou região;
• Ter carteira de Habilitação.

Responsabilidades
• Desenvolver e gerenciar parcerias institucionais com os três setores buscando a sustentabilidade do projeto;
• Assegurar a operacionalização dos projetos de desenvolvimento comunitário em Educação Ambiental, Responsabilidade Social, e Desenvolvimento Local desde o planejamento até sua conclusão;
• Planejar, acompanhar e avaliar os resultados dos projetos;
• Coordenar equipes;
• Preparar relatório técnico das atividades elaboradas nos projetos para prestação de contas.
Interessados devem enviar currículo para flávia@gaiasocial.org.br. Favor colocar no assunto do e-mail: Coordenador.

Duas vagas no Projeto Arrastão, organização social localizada na zona sul da cidade de São Paulo (SP).

Coordenador Pedagógico da Educação Infantil – São Paulo (SP)
Nível superior completo em Pedagogia.
• Mínimo de três anos de experiência em sala de aula.
• Conhecimento teórico em desenvolvimento Infantil.
• Experiência em projetos sociais.
• Habilidade de trabalho com o pacote Office.
Atribuições:
Elaboração de Projetos Pedagógicos e relatórios.
Monitoramento e supervisão dos projetos pedagógicos.
Orientação e coordenação dos Profissionais envolvidos no trabalho diário com os educandos.
Formação Continuada para educadores e oficineiros.
Escrita do Projeto Político Pedagógico.
Atendimento aos Pais.

Interessados podem enviar seus currículos por e-mail com o assunto “COORDENADOR PEDAGÓGICO” para recursos_humanos@arrastão.org.br


Auxiliar para Educação Infantil – Sâo Paulo (SP)

• Profissional com nível superior completo em Pedagogia, dinamismo, boa comunicação e comprometimento.
Atribuições:
• Atuação como educador da educação Infantil para educandos de 02 a 05 anos;
• Elaboração de planejamento das aulas;
• Entrega de relatórios mensais sobre as atividades realizadas;
• Ser criativo, responsável e comprometido com a instituição;
• Organizar eventos e gincanas;
• Saber e gostar de brincar;

Interessados podem enviar seus currículos por e-mail com o assunto (Auxiliar para a Educação Infantil) para recursos_humanos@arrastão.org.br

Estão abertas as inscrições para a seleção de dois/duas assistentes de pesquisa científica voluntários/as para o Programa Botos do Pará, da Universidade Federal do Pará [UFPA]. As atividades estão focadas em estudos de ecologia e conservação de golfinhos de rio da região da Amazônia, especificamente no município de Oriximiná (PA). Espera-se que os/as candidatos/as sejam graduandos/as de Biologia ou áreas afins, que queiram desenvolver monografias sobre o objeto desse projeto de pesquisa, ou recém-graduados/as em Biologia, Oceanografia, Oceanologia ou áreas relacionadas, e ainda graduados/as que tenham em vista a execução de mestrado. Também é necessário ter alguma experiência de trabalho em locais remotos por longos períodos (sem comunicação com o exterior); foto identificação de cetáceos e registro de comportamento animal (experiência com cetáceos será valorizada); habilidade no uso de câmeras digitais profissionais (SLR), notebooks, desktops, GPS, hidrofones etc.; prática na condução de pequenas embarcações e conhecimentos básicos sobre mecânica, eletricidade e manutenção de motores de popa; habilidade para nadar; proficiência em inglês e espanhol (oral e escrito); noções administrativas e de contabilidade; boas relações interpessoais e facilidade de relacionamento com pescadores/as. Ainda é preciso que os/as candidatos/as tenham disponibilidade e fidelidade para: permanecer, pelo menos, por nove meses em campo (será dada preferência para pessoas que tiverem maior disponibilidade de permanência em campo); executar trabalho de pesquisa diário (exceto aos domingos), sob condições meteorológicas normais ou severas (características da região amazônica); e para elaborar relatórios de pesquisa e de prestação de contas mensais.

O projeto oferece aos selecionados: alimentação (quando na base de pesquisa); alojamento (quando na base de pesquisa); oportunidade de integração no projeto de pesquisa e interagir com outras áreas de pesquisa e pesquisadores; treinamento de pesquisa e de sobrevivência na floresta. Não está prevista qualquer remuneração financeira às pessoas selecionadas (caso o projeto receba novos recursos de seus parceiros, então os/as candidatos/as aprovados/as poderão ser remunerados); e as viagens de e para a base de campo (Oriximiná) serão da
responsabilidade dos/as selecionados/as.

As pessoas que desejarem participar do processo de seleção devem enviar para boto@ufpa.br os seguintes documentos: currículo Lattes atualizado; duas cartas de referência de profissionais ou professores; histórico escolar; carta de motivação, preferências profissionais e disponibilidade de tempo de campo. Os/as aprovados/as deveram fazer uma apólice de seguro de vida pelo tempo de permanência em campo. Detalhes podem ser obtidos pelo e-mail boto@ufpa.br.

opp1

Prêmio FEBRAMEC MEIO AMBIENTE será concedido paralelamente à realização da FEBRAMEC – Edição 2009, que acontecerá entre os dias 10 e 14 de Agosto na Cidade de Caxias do Sul/RS.

Objetivo: Premiar as indústrias do setor metalmecânico, ou diretamente relacionadas, que tenham resolvido com sucesso sua interferência com o meio ambiente, tenham em execução procedimento exitoso na prevenção da geração de resíduos e, assim, estimular as demais a que também procurem a excelência no trato com o meio ambiente.

Acesse os link para a inscrição e os regulamentos AQUI.

Eco_Lógicas Concurso Nacional em Energias Renováveis e Eficiência Energética para estudantes de pós-graduação regularmente matriculados nas instituições brasileiras de ensino superior é promovido pelo Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina – IDEAL.

Objetivo: Motivar a realização e a divulgação de pesquisas sobre “energias renováveis e eficiência energética”, desenvolvidas nas instituições de ensino superior brasileiras, públicas ou privadas, e premiar as monografias com melhor qualidade temática, escrita e bibliográfica, que efetivamente deem significativas contribuições para a sociedade brasileira.

As incrições vão até 11 de Setembro – saiba mais info e tudo mais.

Inscreva-se!
24/07/2009

Ecovilas no Brasil

Acabei de publicar uma série de cursos & eventos na seção do diretório verde – um dos eventos será a Mesa Redonda de Ecovilas no dia 29 de Julho com o Vitor na UMAPAZ.

O que me faz lembrar que muito eu falo sobre ecovilas e as minhas experiências em alguma delas –  e a pergunta: mas o que é uma ecovila?

Como uma imagem vale mais do que mil palavras ….

23/07/2009

As mudanças mais poderosas e duradouras são as que começam no cotidiano de cada um

Aqui seguem algumas dicas para o exercício da ecologia pessoal e é uma boa época para rever as suas prioridades quando você começa a valorizar mais ao trabalho do que à si mesmo. Escolha suas prioridades.

Dicas de Carlos Cardoso Aveline

  • Respirar mais profundamente: A verdade é que o sangue precisa de oxigênio. Respiração profunda amplia a clareza da mente e dá mais saúde física. Faça isto, calmamente, durante alguns minutos por dia. Diante de ar livre e puro, na medida do possível.
  • Dar folga para o estômago: Seu estômago é um dos seus amigos mais importantes. Não se empanturre. Dê descanso ao estômago. Coma para alimentar-se. Não se intoxique.
  • Abrir espaço para a qualidade de vida na rotina diária: Não deixe para depois de amanhã a melhora que pode produzir e estabelece hoje. A qualidade de vida é uma planta que a gente tem que regar todo o dia.
  • Fazer periodicamente uma auto-avaliação: Verificar regularmente, item por item, o grau de coerência que você já atingiu na vivência do seu ideal ecológico, identificando de que modo pode continuar auto-aperfeiçoando-se e avançar cada vez mais.

  • Restringir o consumo de remédios: Tome remédios só quando for de fato necessário. Prefira terapias complementares, como homeopatia, acunpuntura, do-in, naturismo. Os laboratórios químicos induzem ao consumo de remédios não só desnecessários, mas prejudiciais.

  • Comer menos carne: Afaste-se, gradualmente, do processo de massacre diário dos animais para o mercado de carne. Há outros motivos. A carne vem com hormônios, conservantes e toxinas que a tornam alimento pouco saudável. Por seu lado, a carne de peixe pode acumular, com a poluição, metais pesados despejados nos rios. Diminua a carne, e se quiser proteínas animais prefira leite, queijo, ovos. Pense em uma alimentação mais vegetariana.

  • Restringir o uso do automóvel: Carro particular causa poluição ambiental e priva o seu organismo do necessário exercício físico. Use-o só quando necessário. Se ele não for indispensável, dê preferência ao ônibus e, em distâncias menores, à bicicleta. Esta última descongestiona o trânsito nas cidades, não polui e faz bem à saúde. Nas distâncias curtas, caminhar é a melhor opção.

  • Trocar o café pelos chás naturais: A ingestão excessiva de café pode causar problemas de comportamento, alterações cardíacas, câncer na bexiga e aumento do colesterol. A cafeína produz insônia e excitação nervosa. O café de cevada pode ser uma alternativa.

  • Adotar uma árvore (ou mais de uma): Além de todas as funções ecológicas conhecidas, ter uma ou mais árvores por perto acalma as pessoas e melhora seu estado de ânimo. No caso de hospitais, pacientes que têm árvores dentro de seu campo visual ficam curados mais rapidamente. Mantenha seu bem-estar interior convivendo mais com árvores. Defenda-as, quando ameaçadas. Cuide delas. Plante mudas. Verá como então se sentirá melhor.
  • Deixar o cigarro completamente: Além de tabaco, o cigarro contém quase 2 mil agentes químicos, na maior parte cancerígenos. Respeite seus próprios pulmões e os dos outros. Para plantio de fumo, florestas nativas são cortadas, pesticidas lançados ao solo, e o impacto ambiental é muito grande. As mesmas terras poderiam em vez disto, estar produzindo alimentos para os pobres. O consumo de cigarro é provocado artificialmente por campanhas de propagandas multinacionais. Economicamente, as doenças geradas pelo cigarro significam grande prejuízo para a sociedade.
  • Preferir alimentos com fibras: Segundo a Organização mundial de Saúde, 80% dos casos de câncer ocorrem por razões ambientais, inclusive o cigarro e a má alimentação. Os alimentos integrais, com fibras, previnem problemas de saúde. Restrinja os alimentos artificiais ou refinados.
  • Uma pausa antes de comer: Antes de iniciar a refeição, pare um instante, acalme sua mente, concentre-se na idéia mais elevada que puder imaginar no momento. Deixe de lado toda a pressa e ansiedade. E então comece a comer com calma e tranqüilidade, para que a digestão possa começar de maneira certa.
  • Economize e recicle papel: Use papel dos dois lados. Quando possível, compre papel reciclado, ou pelo menos não branqueado com cloro, produto extremamente nocivo ao meio ambiente.
  • Restringir as frituras: Se você não resiste a uma fritura de vez em quando, faça com que isto seja apenas uma exceção, e use somente óleos leves, que ajudam a controlar o colesterol. É melhor tentar viver sem frituras.
  • Comer alimentos naturais da estação: Os vegetais produzidos fora da estação exigem uso mais intensivo de pesticidas e substâncias químicas. Prefira as frutas e legumes da época. Lembre-se de lavar bem as verduras para tirar delas os restos de agrotóxicos. A vitamina A e o cálcio presentes em verduras, na cenoura e na maça ajudam a neutralizar o chumbo, cobre e outros metais pesados acumulados em nosso organismo.

  • Fazer exercícios físicos diariamente: Caminhe, ande de bicicleta, faça um pocuo de ioga, jogue vôlei, futebol ou basquete, tênis ou tênis de praia. Exercícios físicos moderados são essenciais para manter a saúde e uma atitude equilibrada diante da vida, evitando as causas do estresse e tensão.

  • Procurar os recicláveis: quando for às compras, priorize os produtos recicláveis, confiáveis, que podem se consertados, reabastecidos, recarregados e usados de novo. Evite produtos que dependem de pilhas e baterias, porque são altamente poluentes.
  • Praticar meditação: considerada por alguns como instrumento para uma ecologia da mente e dos sentimentos, a meditação não é uma prática tão complicada quanto se pensa. Basta sentar-se em silêncio e observar a passagem dos pensamentos pala mente como se fossem nuvens do céu, isto é, sem comprometer-se psicologicamente com eles, até que o seu firmamento mental fique todo, ou quase todo, livre de nuvens. Mesmo que o seu céu não fique inteiramente límpido você notará que as nuvens ficarão mais altas, brancas, agradáveis e claras. Leia, lentamente um bom livro sobre meditação.

  • Usar garrafas de vidro: Evite as garrafas de plástico e as latas, que terão de ser descartadas, enquanto as de vidro são imediatamente recicladas. Esta é uma pequena opção individual, diária, por uma sociedade ecologicamente viável. Um pequeno ato de autodisciplina e respeito pelo meio ambiente.

  • Substitua a margarina: quando é mostrada nas propaganda de televisão, a margarina parece um produto saudável. Na verdade ela é produzida com vários óleos vegetais misturados a gorduras animais como o sebo. Para ficar parecida com a manteiga, a margarina recebe antioxidantes, flavorizantes, corantes, emulsificantes, espessantes, acidulantes e conservantes, todos aditivos químicos de algum modo prejudiciais a saúde. A margarina é um alimento totalmente ilusório.

  • Usar inseticidas caseiros: Nenhum inseticida químico é inofensivo. Se pensa que precisa usá-lo, leia a bula e siga as instruções com cuidado. Mas há também algumas soluções alternativas. Para formigas, coloque algumas gotas de suco de limão na entrada do formigueiro e deixe ali a casaca. Tente também o pó de café, talco, pimenta e cinzas. Para baratas, misture bicarbonato de sódio com açúcar, e coloque em tampinhas de garrafas nos locais freqüentados por elas (sob a geladeira, fogão, em ralos e lixeiras). O açúcar as atrai e o bicarbonato as mata. Para traças, a cânfora é tão eficiente quanto a naftalina e muito menos tóxica. Para aranhas, se forem pequenas e inofensivas, evite mata-las; elas se alimentam de vários insetos desagradáveis. Para pulgas, o maior problema é com os animais de estimação. Lave-os com água morna e sabonete e enxugue-os. Aplique após uma solução caseira eficaz para manter as pulgas a distância: duas colheres de sopa de alecrim fervidas em um litro de água.
  • Evite forno micro-ondas: O forno de micro-ondas pode desenvolver aminoácidos tóxicos para o rim e o fígado em alimentos como o queijo, leite, carne e peixe. Ele não dá aos alimentos uma temperatura uniforme capaz de eliminar todas as bactérias.
  • Economizar água: Água é um recurso natural escasso. Não deixe a torneira aberta todo o tempo enquanto escova os dentes. Não fique meia hora no embaixo do chuveiro aberto. Tome providências imediatamente se há um vazamento em sua casa ou prédio.
  • Proteger as crianças dos alimentos perigosos: Mediante um bom diálogo e um trabalho de educação integral, você pode conscientizar seus filhos(e os amigos deles, já que uma criança não vive isolada) sobre os problemas dos excessos de doces e balas, dos refrigerantes, hambúrgueres, cachorros-quentes, e outra armadilhas do chamado mundo moderno. Estes alimentos têm muitas vezes não só açúcar branco, mas corantes, conservantes e outros aditivos prejudiciais a saúde. A satisfação que eles dão dura poucos segundos, mas há conseqüências de longo prazo como fraqueza nos dentes, maiores possibilidades de contrair doenças e gastos com médicos e dentistas.

  • Restringir a televisão: Usada em excesso, a televisão interrompe a vida familiar e destrói, também, a vida intelectual, cultural e social das pessoas. Com seus programas, muitas vezes alienantes, a televisão é um exemplo de poluição mental e deseducação da população em vários níveis, incentivando o consumismo desnecessário. Mas, usada com moderação, pode ser um fator positivo em sua vida. Às vezes há filmes bons. Existem bons noticiários e alguns programas culturais e até ecológicos.

  • Evite o uso de panelas de alumínio: Procure substituir gradualmente suas panelas de alumínio. Prefira as esmaltadas, de ferro, ou ainda de vidro. O alumínio da panela de despreende quando são cozidos alimentos ácidos, ou quando se raspa o recipiente com força. Há várias doenças associadas ao excesso de alumínio no organismo humano.

  • Transpirar naturalmente: Não exagere com os desodorantes. O suor natural é importante para eliminar as toxinas. Desodorantes supostamente modernos, à base de cloridrato de alumínio, formaldeído e amônia, bloqueiam os poros da pele e fazem mal à saúde. Talcos neutros e polvilho anti-séptico “granado” são inofensivos à pele e necessitam de uso menos freqüente. Para banhar-se e lavar-se prefira sabonetes naturais.
  • Nunca usar amianto: Evite totalmente amianto, seja em telhas, reservatórios de água ou qualquer outro produto. O amianto desprende microfibras que são inaladas na respiração e podem provocar graves doenças respiratórias inclusive irreversíveis. O produto já foi proibido na Alemanha e outros países. Também é nocivo ao meio ambiente e à saúde dos trabalhadores que o produzem.
  • Não exagerar com o computador: Os computadores emitem baixos níveis de radiação que podem causar dor de cabeça e outros sintomas a pessoas que fiquem muitas horas por dia diante deles. O perigo maior é para mulheres grávidas de poucos meses, que podem sofrer aborto. De qualquer modo, evite ficar mais de quatro horas por dia na frente do computador. Faça uma pausa a cada hora de trabalho.

  • Dar folga para o seu bolso: Compre só o necessário. Vivemos em um mundo de falsas necessidades, criadas artificialmente. Saia fora do círculo vicioso de consumo-pelo-consumo, responsável por tanta destruição ambiental, tanta exaltação do egoísmo. Uma atitude mais reservada em relação à compulsividade consumidora pode, literalmente, dar lucro a você.

  • Ser um cidadão atuante: Tenha às mãos os telefones da Secretaria Municipal de Meio ambiente de sua cidade e da entidade ecológica mais próxima. Denuncie qualquer irregularidade da qual venha a saber, dando seu nome e endereço para confirmação da denúncia. Sempre que possível, participe de ações concretas em defesa do meio ambiente. Mantenha contato com os políticos que elegeu e pressione para que eles se posicionem corretamente nas questões ambientais e de qualidade de vida. Converse com os seus familiares sobre a defesa ambiental.
  • Fazer passeios pela natureza: Ninguém pode amar ou defender o que não conhece. Deixe de lado a tensão do trabalho urbano e visite os lugares da natureza. Esvazie-se da pressa e aprenda a perceber a música e harmonia presentes no silêncio da natureza.
  • Evitar bebidas fortes: Bebidas alcoólicas são em geral uma violência contra o organismo humano. Se não puder renunciar totalmente ao uso de álcool, opte por uma cerveja gelada em doses homeopáticas. Evite o pileque como o meio de transcender a sua consciência média da realidade. Se quiser transcender, decida-se pela meditação, leia sobre ioga. É bem melhor do que destruir o sistema nervoso com bebidas alcoólicas.
  • Evitar excesso de sol: Entre 10h00 e 15h30 há um maior perigo. Os índices de câncer de pele no Brasil já são preocupantes.
    35. Repelentes naturais: Evite utilizar repelentes químicos contra insetos como o mosquito e o borrachudo. Para essa finalidade, prefira o óleo de bergamota e outros produtos inofensivos à saúde humana e ao meio ambiente. Que podem ser encontrados em lojas naturais. Colocar tela na casa e usar mosquiteiro também constituem providências sensatas.

  • Ao dirigir, evite altas velocidades: Altas velocidades não são apenas perigosas para você e para os outros, mas prejudicam todo o meio ambiente. Dirigindo a 112Km por hora, por exemplo, você gasta 25% mais combustível do que viajando a 88Km/h. andando mais devagar, você economiza dinheiro e polui menos.

  • Evitar a causa das dores-de-cabeça. De cada dez casos de dor de cabeça, nove são resultados de tensão, inclusive ansiedade, depressão, preocupação e outros problemas emocionais. Tomar comprimidos é uma falsa solução. Beba um chá de camomila. Sente-se calmamente, espinha dorsal ereta, pés firmemente no solo, e imagine a energia que está concentrada na cabeça dissolvendo-se e distribuindo-se calmamente. Relaxe. Revise, examine e elimine um a um os fatores tensionantes de sua vida diária.
  • Evitar o uso de plásticos: Se vai às compras, leve de casa uma sacola. Dispense embalagens desnecessárias.
  • Ser sério, mas não carrancudo: O bom humor e o riso contribuem para manter-nos relaxados e evitar tensões ou doenças. Fale sobre seus problemas com amigos confiáveis. Desabafar com gente amiga é uma maneira de evitar que os problemas ganhem importância exagerada. Quando falamos dos problemas, eles desinflam.

  • Manter contato com o jornal que você lê, a rádio que escuta, a estação de televisão que assiste: Ligue para seus meios de comunicação preferidos e faça sugestões de assuntos que deveriam ser abordados, critique quando errarem, elogie quando acertarem. A influência do consumidor é decisiva para que os meios de comunicação possam melhorar seu conteúdo. Escreva cartas para a coluna do leitor e expresse seus pontos de vista.
%d blogueiros gostam disto: